18 de junho de 2024 Artigos

Revolucionando o Tratamento de Feridas Crônicas com Biocurativos 3D

Healthtech brasileira desenvolveu biocurativos 3D com células-tronco, revolucionando o tratamento de feridas crônicas.

por

 

Em um cenário onde a inovação na área da saúde é fundamental, a In Situ, uma healthtech brasileira, se destaca com uma solução promissora para pacientes com feridas crônicas e queimaduras graves. 

Fundada em 2015 por Carolina Caliari, a startup desenvolveu um biocurativo revolucionário, impresso em 3D a partir de células-tronco do cordão umbilical. 

Este produto tem o potencial de transformar a vida de milhões de pessoas que sofrem com feridas que não cicatrizam adequadamente.

A Jornada da In Situ

A In Situ começou com a visão de Caliari de utilizar terapias celulares personalizadas para regeneração de tecidos. 

A ideia inicial envolvia o cultivo de células do próprio paciente em laboratório para posterior aplicação na pele afetada. No entanto, esse método enfrentava um obstáculo significativo: o tempo. 

Percebi que demoraria até dois meses para obter a quantidade de células necessária para o tratamento“, relembra Caliari. Foi então que a empreendedora pivotou para uma abordagem mais viável e inovadora: a criação de biocurativos 3D.

A Tecnologia dos Biocurativos 3D

Os biocurativos desenvolvidos pela In Situ são compostos por células-tronco do cordão umbilical, combinadas com um hidrogel e impressas em 3D.

Esta combinação permite a criação de um produto semelhante a uma lente de contato que pode ser aplicado diretamente na pele humana. 

As células-tronco do cordão umbilical possuem um alto potencial terapêutico devido à sua imaturidade e capacidade de regeneração, superando em eficácia as opções disponíveis atualmente no mercado.

Além disso, a técnica de bioimpressão permite que a In Situ produza os biocurativos em escala, uma vantagem crucial para atender a uma população ampla de pacientes necessitados.

Com a técnica de bioimpressão, conseguimos ganhar escala e reprodutibilidade, quesitos essenciais para o crescimento do negócio“, destaca Caliari.

Saúde

Impacto na População

Feridas crônicas afetam cerca de 1% a 2% da população mundial, muitas vezes resultando em longos períodos de tratamento e significativas repercussões socioeconômicas. 

No Brasil, elas são a 14ª causa de afastamento do trabalho e uma das principais razões para aposentadorias por invalidez. Pacientes com diabetes, por exemplo, enfrentam um risco elevado de desenvolver feridas crônicas, com uma alta taxa de progressão para amputações.

A In Situ visa mudar esse cenário. Os biocurativos prometem reduzir drasticamente o tempo de cicatrização, minimizando complicações e custos associados ao tratamento prolongado. 

Com o biocurativo da In Situ, cicatrizamos a ferida em um período muito menor, diminuindo o tempo de tratamento e, consequentemente, as complicações e o custo total“, explica a CEO.

Diferenciais da Solução In Situ

A solução da In Situ não só é inovadora, como também é única no mercado.

Enquanto outros tratamentos utilizam células da pele de doadores, o que aumenta o risco de rejeição, ou seguem uma abordagem personalizada com altos custos e tempos de preparação longos, os biocurativos da In Situ são aplicados de uma única vez e têm menor chance de rejeição.

Nosso biocurativo 3D é aplicado uma única vez. As células-tronco são de fácil obtenção e manipulação, e devido ao seu baixo grau de maturidade, não necessitam ser totalmente compatíveis com o paciente, diminuindo assim as chances de rejeição“, explica Caliari.

Expansão do Portfólio

Além dos biocurativos, a In Situ está desenvolvendo uma pomada inovadora para cicatrização de feridas leves e quelóides, utilizando ativos liberados pelas células-tronco durante o processo de produção dos biocurativos. 

Esse material, que antes seria descartado, agora está sendo aproveitado para criar um produto de alto potencial terapêutico.

Vimos uma oportunidade para ampliar nosso portfólio e atender um número maior de pessoas“, comenta Adriana Manfiolli, CTO da In Situ. 

Os resultados iniciais foram positivos, e a startup está buscando financiamento para escalar a produção e realizar testes pré-clínicos.

Veja todas as informações sobre a In Situ no Startup Scannerhttps://startupscanner.com/categorias/impressao-3d-f711f37d/startups/insitu-b71a282e

Conclusão

A trajetória da In Situ é um exemplo inspirador de como a inovação e a determinação podem levar a soluções transformadoras na área da saúde. 

Os biocurativos 3D da startup têm o potencial de melhorar significativamente a qualidade de vida de milhões de pessoas no Brasil e no mundo.

Quer saber mais sobre essa tecnologia revolucionária e como ela pode beneficiar você ou seus pacientes? 

Baixe agora o estudo de caso completo da In Situ e descubra todos os detalhes dessa inovação que está prestes a mudar a forma como tratamos feridas crônicas e queimaduras.